No último post falei sobre o meu desleixo com os editores de textos puros que usei nos últimos anos. Por pura comodidade, ou melhor, preguiça mesmo, tenho usado há muito tempo os editores de texto da modinha na época. Pelo lado da produtividade, essa é uma escolha simples de ser feita pois não força goela abaixo a curva de aprendizado de algo novo. Salvar sempre foi CTRL-S, search CTRL-F, replace CTRL-R, e por aí vai.

Continue lendo...